Astronautas concluíram reparação na Estação Espacial Internacional

Astronautas concluíram reparação na Estação Espacial Internacional

 

Lusa/AO online   Ciência   24 de Dez de 2013, 17:36

Dois astronautas norte-americanos concluíram esta terça-feira a reparação do sistema de refrigeração da Estação Espacial Internacional (ISS) com a colocação de uma nova bomba, numa operação rara na véspera do Natal.

Durante pouco mais de seis horas de trabalho conjunto, Mike Hopkins, de 44 anos, e Rick Mastracchio, de 53, conseguiram instalar a nova bomba, após troca de informações entre a ISS e o centro de controlo de Houston, com recurso a imagens televisivas em direto.

Os astronautas experimentaram algumas dificuldades para retirar uma das quatro seções de uma caixa de junção, antes da instalação da bomba, do tamanho de um frigorífico grande.

Neste processo, alguns resquícios de amoníaco escaparam, mas, aparentemente, não atingiram os fatos dos dois homens que se preparavam para voltar à estação, depois de terminado o trabalho.

No sábado, os dois homens estiveram cinco horas e 28 minutos no espaço para executar uma parte importante dos trabalhos para a operação de hoje.

"Que vista magnífica!", disse Mike Hopkins, ligado pelos dois pés a uma extremidade do braço manipulado de 15 metros, manobrado desde o interior da estação pelo japonês Koichi Wakata.

A mudança desta bomba não podia esperar, explicou a NASA, a agência espacial norte-americana.

A decisão da NASA de realizar estas duas saídas de urgência forçou o adiamento para o início de janeiro do lançamento da cápsula não tripulada Cygnus.

Esta saída para o exterior da estação sucede a uma realizada em 1999, quando dois astronautas saíram para reparar o telescópio espacial Hubble.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.