Assinado protocolo para deslocação de médicos de Lisboa aos Açores

Assinado protocolo para deslocação de médicos de Lisboa aos Açores

 

Lusa/AO Online   Regional   25 de Out de 2019, 09:45

O Hospital da Horta, nos Açores, assinou um protocolo de cooperação com o Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central, com vista à deslocação de médicos especialistas ao arquipélago.

"São protocolos que visam um conjunto de colaborações alargadas a vários níveis, ao nível assistencial, ao nível formativo e ao nível de consultadoria", explicou o presidente do Conselho de Administração do Hospital da Horta, João Morais, adiantando que esta colaboração vai permitir a deslocação de especialistas aos Açores para "substituição de alguns profissionais ou para o reforço de algumas situações pontuais".

Em declarações aos jornalistas, no final da assinatura dos protocolos, João Morais realçou que, para já, o acordo entre as duas unidades hospitalares vai incidir sobre duas especialidades específicas - a pneumonia e a cirurgia torácica -, mas frisou que a intenção é alargar a outras especialidades.

"No caso da cirurgia cardiotorácica, não é para a gente passar a ter essa especialidade como oferta hospitalar, mas sim para poder contar com algumas situações em que - em vez de deslocar os utentes, e em que seja seguro fazer algumas intervenções cá - os especialistas possam vir cá, evitando assim deslocações", esclareceu o presidente do Hospital da Horta.

O diretor clínico do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central, Luís Nunes, explicou que a grande vantagem destes protocolos é evitar a deslocação dos doentes dos Açores para fora da região.

"Nós iremos, com os recursos que temos, procurar encontrar, face àquilo que são as necessidades do Hospital da Horta, a deslocação de especialistas, considerando a necessidade ou não de fazerem determinado tipo de intervenções, com o grande objetivo de os doentes dos Açores poderem ser tratados nos Açores", frisou o diretor clínico.

O Centro Hospitalar Lisboa Central é um dos maiores do país e integra seis unidades hospitalares (Santa Marta, Dona Estefânia, São José, Capuchos, Curry Cabral e Maternidade Alfredo da Costa).


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.