Antigo matadouro da Ribeira Grande vai ser transformado em incubadora empresarial

Antigo matadouro da Ribeira Grande vai ser transformado em incubadora empresarial

 

Lusa/AO Online   Regional   4 de Jan de 2019, 07:48

O projeto de requalificação do antigo matadouro da Ribeira Grande, que prevê a transformação do espaço numa incubadora empresarial, foi aprovado no âmbito do Programa Operacional Açores 2020 e poderá avançar durante este mandato autárquico, adiantou hoje a autarquia.

“A INCUBE US pretende ser uma incubadora de iniciativas de empreendedorismo de base local que assumirá a função de polo de acolhimento e promoção de projetos no centro da cidade da Ribeira Grande”, explicou a nota de imprensa enviada pela câmara.

A empreitada, que ronda os 450 mil euros e deverá avançar até 2021, “vai permitir a requalificação de um edifício que se encontra fechado há muitos anos” e prevê a criação de “espaços de trabalho com condições para albergar pequenas empresas emergentes de iniciativa individual e associações ou cooperativas existentes no concelho”.

O comunicado destaca a importância da requalificação de um edifício que “diz muito aos ribeiragrandenses, pois tem uma história relevante, está no centro da cidade” e que “será o local onde as pessoas terão um primeiro contacto assim que estiverem concluídas as obras da frente mar”.

“A ideia surgiu a partir do momento em que foi permitido às autarquias apresentarem projetos de recuperação de imóveis em que o financiamento suporta a adaptação do espaço a incubadoras de base local, configurando uma oportunidade para reabilitarmos um imóvel degradado e darmos uma nova vida a um espaço que está a paredes meias com o mercado municipal e que também será alvo de uma intervenção”, afirmou, citado na nota de imprensa, o presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande e líder do PSD/Açores, Alexandre Gaudêncio.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.