Açoriano Oriental
Internacional
Angela Merkel diz que vão ser precisos 10 anos para superar a crise
A crise das dívidas soberanas na Europa ainda vão levar 10 anos a resolver disse hoje a chanceler alemã Angela Merkel.
article.title

Foto: EPA/CHRISTOPHE KARABA
Autor: Luís Pedro Silva

No vídeo divulgado semanalmente na sua página da internet, a chefe do governo afirma que "será, com certeza, necessária mais uma década para que a Europa esteja melhor".

Merkel lembrou ainda na sua alocução que as dívidas públicas foram acumuladas durante décadas, e por isso também levarão muito tempo a desaparecer.

A chanceler alemã adevertiu depois que o caminho a percorrer "exigirá muito esforço".

Neste contexto, voltou a sublinhar a importância de os outros países do euro inscreverem o chamado travão à dívida na constituição, como a Alemanha já fez, para estarem legalmente obrigados a respeitarem determinados limites para a despesa pública.

Merkel voltou a sublinhar igualmente que, se a Europa não estiver bem, a Alemanha também não estará bem, apesar de a economia germânica ter crescido e de a taxa de desemprego de 6,5 por cento registada em outubro ser a menor dos últimos 20 anos.

Por isso, Berlim, tem de "fazer o possível para pôr a Europa em ordem", disse ainda Merkel que concluiu afirmando que, apesar de tudo, "não há motivos para pessimismo, desde que todos façam as suas tarefas de casa".

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.