Crianças

Alerta para abusos sobre crianças e jovens "está a falhar muito"

Alerta para abusos sobre crianças e jovens "está a falhar muito"

 

Lusa / AO online   Nacional   1 de Mar de 2010, 09:47

O alerta para abusos sobre crianças e jovens “está a falhar muito” em Portugal, afirmou à Lusa a médica legista Teresa Magalhães, defendendo que educadores, médicos e polícias têm que estar mais articulados.
Apesar do alerta social que provocam, os abusos, especialmente os sexuais, são “muito complexos” e, embora os profissionais que lidam com crianças até possam ser “capazes de os identificar, não sabem o que fazer ou inibem-se, podem achar que sinalizar um abuso é fazer ‘queixinhas’”, referiu Teresa Magalhães.

“Abuso de crianças e jovens - da suspeita ao diagnóstico”, um livro coordenado pela médica legista, está nas livrarias a partir de hoje e vai ser lançado num congresso sobre o tema no dia 27 de Março, no Porto, pretendendo “desmistificar” os receios e dúvidas e destacar a importância de sinalizar e denunciar os abusos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.