Agosto com o dobro da chuva que seria de esperar

Agosto com o dobro da chuva que seria de esperar

 

Paulo Faustino   Regional   30 de Ago de 2019, 09:04

Posicionamento do anticiclone dos Açores, deslocado em relação ao normal para esta época do ano, fez com que os valores de precipitação tidos como normais fossem ultrapassados em larga escala. IPMA invoca variabilidade climática

Agosto, mês forte do verão que muitas pessoas escolheram para aproveitar as suas férias, foi marcado pela chuva nos Açores.

Contrariamente a julho, em que o bom tempo fez-se sentir de forma estável, neste mês que agora termina, contam-se pelos dedos da mão os dias em que o sol brilhou firme e persistentemente.


Pode ler mais na edição desta sexta-feira, 30 agosto 2019, do jornal Açoriano Oriental



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.