"Acusação dirigida ao Governo dos Açores pelos deputados proponentes da Comissão não tem fundamento"

"Acusação dirigida ao Governo dos Açores pelos deputados proponentes da Comissão não tem fundamento"

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   11 de Jul de 2018, 15:35

Na sequência dos últimos desenvolvimentos sobre o funcionamento da Comissão de Inquérito a várias empresas do Setor Público Empresarial Regional, o Governo dos Açores, esclarece, em nota publicada no Gacs, que esta quarta-feira, "foi recebido no Gabinete do Secretário Regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares um ofício do Presidente da Comissão onde se assume que a informação solicitada sobre um conjunto de empresas fora do âmbito da Comissão “foi um lapso”".

Desta forma, refere a nota, que tendo em conta "o teor deste ofício hoje remetido pelo Presidente da Comissão, bem como os esclarecimentos prestados pelo Governo dos Açores ontem sobre este assunto, resulta, de forma clara e inequívoca, que a acusação dirigida ao Governo dos Açores pelos deputados proponentes da Comissão não tem fundamento, não tem justificação, nem tem qualquer correspondência com a realidade".

"A acusação é falsa e sem qualquer fundamento", frisa o excutivo, acrescentando que "no combate político não vale, nem pode valer tudo. Acusar o Governo dos Açores de ter cometido um crime, quando se vem comprovar que essa acusação só resulta do desconhecimento, total descoordenação e alguma má-fé, torna exigível, a bem da verdade, da transparência e da responsabilidade, um pedido de desculpas".

O esclarecimento do Governo dos Açores termina a reiterar que "nesta, como em todas as outras matérias, não ocultou, não oculta, nem ocultará informação a esta Comissão do Parlamento dos Açores".
   


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.