Turismo

Açores vão apostar em novos mercados europeus para inverter evolução negativa do turismo

Açores vão apostar em novos mercados europeus para inverter evolução negativa do turismo

 

Lusa/AO Online   Regional   26 de Dez de 2012, 13:32

O Governo dos Açores vai investir em 2013 em novos mercados europeus para tentar inverter a evolução negativa do turismo no arquipélago, revelou o diretor regional do setor.

 

Em declarações à Lusa, João Bettencourt explicou que a aposta da região no próximo ano passa por uma maior promoção dos Açores nos mercados alemão, russo e polaco.

"A região tem tido contactos com estes mercados emergentes, que em 2013 podem fazer chegar mais turistas ao arquipélago", adiantou João Bettencourt, acrescentando que já existem algumas agências a trabalhar diretamente com estes países.

Muito dependente do mercado nacional, o turismo açoriano conheceu este ano uma acentuada quebra, devido à crise financeira que afeta o país e a região, em contraponto com o crescimento verificado a nível nacional.

O diretor regional de Turismo reconheceu o "significativo decréscimo" registado no número de turistas nacionais que visitaram a região, mas disse esperar que "esta tendência se inverta" no próximo ano para que as unidades hoteleiras possam "sobreviver a esta crise".

Alguns hotéis dos Açores, sobretudo na ilha de São Miguel, optaram por encerrar temporariamente na época baixa, devido à quebra na procura, mas João Bettencourt entende que a capacidade hoteleira instalada não é excessiva.

"Nós não consideramos que existem hotéis a mais. O que nós precisamos é que venham mais turistas à nossa região e é nesse sentido que estamos a trabalhar", sublinhou, adiantando que só assim os investimentos turísticos construídos no arquipélago poderão ter sucesso.

Segundo o Serviço Regional de Estatísticas dos Açores, nos primeiros dez meses do ano a hotelaria açoriana registou cerca de 891 mil dormidas, um valor 7,4% inferior ao verificado em igual período de 2011.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.