Cinema

Academia de Hollywood repudia detenção de realizadores iranianos


 

Lusa/AO online   Internacional   20 de Out de 2011, 18:19

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, que realiza a cerimónia dos Óscares, repudiou a detenção de seis cineastas iranianos e a condenação do realizador Jafar Panahi e da actriz Marzieh Vafamehr.
Num comunicado, citado pela Agência France Press, a Academia refere, "como uma organização internacional que representa mais de seis mil artistas de 35 países", ter ficado "profundamente preocupada de cada vez que os direitos dos cineastas são ameaçados".

Em Setembro, seis cineastas iranianos independentes foram detidos, tendo dois deles sido libertados entretanto, por colaborarem com o canal de televisão da BBC em persa, "inimigo público" das autoridades de Teerão.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.