Cinema

Abel Ferrara vai rodar filme inspirado em escândalos sexuais como o de Strauss-Kahn


 

Lusa/AO online   Internacional   27 de Dez de 2011, 16:47

O realizador norte-americano Abel Ferrara vai roda um filme sobre escândalos sexuais, que se inspira na polémica que envolveu o antigo director do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, revelou a publicação Deadline.
Segundo a publicação, o realizador está a trabalhar com os actores Gerard Depardieu e Isabelle Adjani para participarem no filme, que está ainda numa fase inicial.

O argumento deverá remeter para escândalos sexuais de outros políticos e figuras públicas, nomeadamente o ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton e o antigo primeiro-ministro de Itália Silvio Berlusconi.

"Eles [Abel Ferrara e o argumentista Christ Zois] estão a escrever uma coisa que se inspira em Strauss-Kahn e irá focar-se na [ideia de] dependência e em políticos. Mas é mais do que o escândalo de Strauss-Kahn", afirmou o produtor Vincent Maraval, da Wild Bunch Films, citada por aquela publicação.

Na semana passada, o actor francês Gerard Depardieu não confirmou que estaria envolvido no projeto, mas afirmou: "Eu sou muito bom a fazer papéis de personagens com os quais não me identifico".

Abel Ferrara, de 60 anos, é autor de filmes como "O rei de Nova Iorque" (1990), "Os Viciosos" (1998) e "Maria Madalena" (2005).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.