85 detenções arbitrárias de cidadãos numa semana na Venezuela


 

Lusa / AO online   Internacional   2 de Fev de 2010, 15:00

O Foro Penal Venezuelano (Fvp) denunciou esta terça-feira que na última semana, se registaram 85 detenções arbitrárias de cidadãos venezuelanos e 14 violações directas aos direitos humanos.
Segundo o advogado Alfredo Romero, a Venezuela viveu “uma semana de grave repressão”, concluída com “85 detenções arbitrárias de cidadãos” nos Estados venezuelanos de Mérida, Arágua, Barinas, Anzoátegui, Trujillo, Lara e Carabobo.

“Nós documentámos casos em que de uma esquadra para outra os nossos activistas de direitos humanos tiveram de averiguar onde estavam essas pessoas que nem sequer foram apresentadas aos tribunais”, explicou Mónica Fernández, representante do Fvp.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.