Vasco Cordeiro diz que há investimentos de 11ME nas Flores em áreas fundamentais

Vasco Cordeiro diz que há investimentos de 11ME nas Flores em áreas fundamentais

 

Lusa/AO Online   Regional   2 de Out de 2018, 06:03

O presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, disse na segunda-feira à noite que estão em curso investimentos de 11 milhões de euros na ilha das Flores em três áreas tidas como fundamentais, Educação, Saúde e acessibilidades.

"São exatamente as áreas nas quais há investimentos a decorrer neste momento aqui na ilha das Flores, investimentos superiores a 11 milhões de euros", declarou o governante.

Vasco Cordeiro falava aos jornalistas em Santa Cruz das Flores após a reunião do Conselho de Ilha das Flores, encontro que decorreu no final do primeiro dia de visita estatutária do executivo açoriano.

Durante o dia, o chefe do executivo açoriano passou pela escola Padre Maurício de Freitas, tendo tomado contacto com as obras de requalificação do espaço, e pelo centro de saúde de Santa Cruz das Flores, no qual colocou a primeira pedra nas obras de beneficiação do mesmo.

"Naquelas que são áreas fundamentais, como Educação, Saúde e transportes, há obra que está a ser concretizada e que, estamos convictos, contribuirá para uma melhoria significativa" das condições de vida e de trocas comerciais na ilha das Flores, prosseguiu Vasco Cordeiro.

O presidente do Conselho de Ilha, Augusto Pereira Alves, deputado do PS na Assembleia Municipal de Santa Cruz das Flores, valorizou as respostas dadas pelos membros do Governo Regional às várias questões dos representantes das Flores.

"Esperemos que as coisas se vão concretizando e que daqui a um ano, num novo Conselho de Ilha, os problemas estejam resolvidos ou praticamente todos resolvidos ou em resolução", disse aos jornalistas.

Até quinta-feira, o Governo dos Açores circulará entre as ilhas do grupo ocidental - Flores e Corvo - para as duas últimas visitas estatutárias do ano.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.