Vasco Cordeiro anuncia criação do Conselho da Diáspora Açoriana

Vasco Cordeiro anuncia criação do Conselho da Diáspora Açoriana

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   15 de Fev de 2019, 09:50

O Presidente do Governo anunciou, quinta-feira, na Califórnia, a criação do Conselho da Diáspora Açoriana, um novo organismo que pretende contribuir, de forma prática, para reforçar a aproximação entre as Comunidades espalhadas pelo mundo e a Região Autónoma dos Açores.

“Nós acreditamos que o Conselho da Diáspora Açoriana será um veículo pelo qual essa maior aproximação entre as nossas Comunidades e a realidade açoriana se pode fazer do ponto de vista prático, com eficácia e com resultados em benefício dos Açores e da nossa Comunidade”, afirmou Vasco Cordeiro.


O Presidente do Governo falava na cidade de Artesia, num encontro com a Comunidade Açoriana da área de Los Angeles, no âmbito da visita oficial que está a efetuar ao Estado norte-americano da Califórnia.


Citado em nota de imprensa, Vasco Cordeiro referiu que “os Açores de hoje não são os Açores que muitos de vós e os vossos antepassados deixaram há algumas décadas, da mesma forma que a Califórnia não é mesma de há 30, 40 ou 50 anos atrás”.


Do ponto de vista da notoriedade da região no exterior, o Presidente do Governo preconizou que este é um desafio que a todos convoca, no sentido de promover e divulgar uma Região que faz parte da União Europeia, que é uma porta de entrada para a Europa e que está a apostar em novas áreas de desenvolvimento.


Por outro lado, Vasco Cordeiro destacou a necessidade de ter sempre presente, aos mais variados níveis de representação institucional, que “dizer, na Califórnia, que somos Açorianos não diminui em nada a presença portuguesa” neste Estado norte-americano.


Na sua intervenção, o Presidente do Governo manifestou orgulho no trabalho, na presença e no envolvimento das Comunidades Açorianas nos territórios de acolhimento.


“A transformação e o desenvolvimento que cada uma dessas comunidades de acolhimento viveu deve-se, também, ao trabalho e ao empenho das Comunidades Açorianas que aí se radicaram”, destacou Vasco Cordeiro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.