Afeganistão

Um soldado da NATO morto por tiros com arma ligeira


 

Lusa / AO online   Internacional   25 de Mar de 2010, 16:47

Um soldado da NATO foi morto quarta-feira por tiros de arma ligeira, elevando a 134 o número de militares estrangeiros mortos no Afeganistão em 2010, o balanço mais alto em oito anos de guerra, anunciou a Aliança Atlântica.
O ataque ocorreu no Sul do Afeganistão, explicou a força da NATO (Isaf) num comunicado divulgado esta sexta-feira, que não revela nem a identidade, nem a nacionalidade da vítima.

Cerca de 128.000 soldados das forças internacionais estão destacados no Afeganistão, entre os quais dois terços são norte-americanos.

A quase totalidade dos 134 soldados mortos desde início 2010, segundo um cálculo baseado em números do site independente icasualties.org, foi morta por engenhos explosivos dos talibãs ou em trocas de tiros.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.