Trabalho da Universidade numa exposição permanente em Museu da Baleação nos EUA


 

lusa   Regional   3 de Jun de 2010, 13:13

O trabalho desenvolvido pela equipa de estudos de mamíferos marinhos da Universidade dos Açores (UAç) integra a nova exposição permanente aberta na última semana no Museu da Baleação da cidade norte-americana de New Bedford, anunciou a academia açoriana

Com cerca de 100 mil visitas anuais, o Museu de New Bedford dispõe de uma das mais completas coleções sobre baleação a nível mundial, reunindo cerca de 200 000 peças.

Na sua nova exposição permanente, intitulada “The Hunt for Knowledge” (A Caça por Conhecimento), o programa de telemetria de grandes baleias desenvolvido pelo Departamento de Oceanografia e Pescas da UAç procura ilustrar “o poder da utilização de tecnologia avançada, como é o caso da telemetria por satélite”.

Para a academia açoriana, a presença do trabalho da sua equipa de estudos de mamíferos na nova mostra permanente do Museu da Baleação de New Bedford “atesta não só a qualidade dos seus resultados” como a “continuidade dos laços” que unem os Açores àquela cidade norte-americana.

Muitos dos açorianos que se fixaram em New Bedford viajaram para os Estados Unidos a bordo de navios norte-americanos que passaram no arquipélago na faina da caça à baleia.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.