Religião

Teólogos portugueses defendem novo concílio na Igreja Católica


 

Lusa / AO online   Nacional   28 de Abr de 2010, 11:18

Os teólogos Carreira das Neves e Anselmo Borges defenderam esta quarta-feira a realização de um concílio ou assembleia magna da Igreja para discutir algumas das polémicas actuais da instituição, desde a ordenação de mulheres ao celibato dos padres.
Comentando a recente carta do teólogo suíço Hans Kung aos bispos de todo o mundo, onde era feito um apelo à realização de um concílio, os dois sacerdotes portugueses consideram que esta é uma matéria que deve ser ponderada pela hierarquia.

“Não um novo concílio, mas uma assembleia sobretudo para as questões dos ministérios. O Vaticano II teve medo de abrir o dossiê dos ministérios, do sacerdócio aos homens casados e às mulheres”, disse à Lusa o padre Carreira das Neves.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.