Taxas dos EUA preocupam Federação Agrícola

Taxas dos EUA preocupam Federação Agrícola

 

Carolina Moreira   Regional   25 de Out de 2019, 09:08

Impacto do aumento das taxas aduaneiras dos EUA nos queijos e produtos lácteos açorianos preocupam Federação Agrícola dos Açores

O presidente da Federação Agrícola dos Açores, Jorge Rita, diz estar preocupado com o impacto da taxa aduaneira adicional de 25% dos Estados Unidos da América (EUA) nos queijos e produtos lácteos açorianos.
“Isto vai dificultar principalmente a venda de queijo de São Jorge para o mercado americano”, salientou Jorge Rita, que ressalvou estar também preocupado com “o facto de essas taxas aduaneiras também terem sido levantadas para outros países produtores de queijo para os EUA”, o que poderá significar a existência de “excedentes dentro da União Europeia que, obviamente, farão concorrência àqueles que já existem”.


Ler mais na edição desta sexta-feira, 25 outubro 2019, do jornal Açoriano Oriental


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.