Taxa de desemprego desce para 12,3% em julho


 

Lusa/AO Online   Economia   31 de Ago de 2011, 11:35

A taxa de desemprego em Portugal em julho reduziu-se pelo segundo mês consecutivo, para 12,3 por cento, descendo duas décimas face a junho, mas manteve-se acima da taxa média de 10 por cento da zona euro, segundo o Eurostat.

Segundo dados divulgados pelo gabinete de estatística da União Europeia (UE), a taxa de desemprego na zona euro manteve-se inalterada em julho em comparação com o mês anterior, enquanto no total da UE a 27 o valor deste indicador foi de 9,5 por cento, também inalterado face a junho.

A nível das faixas etárias, os jovens com menos de 25 anos em Portugal também viram a taxa de desemprego diminuir, passando de 28,3 por cento em junho para 27,2 por cento em julho, um valor que continuou bastante acima da média da região da moeda única, onde a taxa foi de 20,5 por cento para os menores de 25 em julho.

De acordo com o Eurostat, o desemprego em Portugal continuou a afetar mais as mulheres, com 12,7 por cento, enquanto o valor para os homens foi de 12 por cento em julho, sendo a média da zona euro de 9,6 por cento para o sexo masculino e de 10,4 para o feminino.

O gabinete de estatística da UE destacou que o número de pessoas desempregadas em julho face ao mês anterior aumentou em 61 mil na zona euro e 18 mil no conjunto dos 27 Estados membros, apesar de quebras de 247 mil e de 451 mil na zona euro e na UE a 27, respetivamente, em relação ao período homólogo de 2010.

A Espanha registou a taxa de desemprego mais elevada a nível europeu em julho deste ano, colocando-se nos 21,2 por cento (sendo de 46,2 por cento para os jovens abaixo de 25 anos), enquanto a Áustria verificou a mais baixa ao apresentar um nível de 3,7 por cento.

O Eurostat salientou que em comparação com julho de 2010, a taxa de desemprego caiu em 16 Estados membros e aumentou em 11, tendo a maior subida sido registada na Grécia que passou de 11 para 15 por cento entre os primeiros trimestres de 2010 e os de 2011.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.