“Talento nós temos, faltam-nos as condições”

“Talento nós temos, faltam-nos as condições”

 

Nuno Martins Neves   Futebol   26 de Abr de 2019, 09:07

Os cabo-verdianos da ACD Maracanã foram uma das maiores surpresas do 13.º Torneio Internacional de Futebol Infantil do União Micaelense, pelo futebol praticado, mas também pelo trabalho social

De corpos franzinos e “fogo” nos pé, os jovens da Associação Cultural e Desportiva Maracanã tomaram o Estádio Municipal Jácome Correia de surpresa. O futebol de rua no seu estado puro, irreverente e imprevisível, foi a marca da equipa cabo-verdiana que jogou pela primeira vez com chuteiras e terminou com um honroso 6.º lugar e o prémio de melhor jogador do torneio para Deison Costa. Galardões merecidos para uma entidade que dá um futuro aos jovens oriundos do bairro de Ponta d’Água, ilha de Santiago. 


Pode ler mais na edição desta sexta-feira, 26 abril 2019, do jornal Açoriano Oriental



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.