Taça UEFA

Sporting de Braga perde com Wolfsburgo

Sporting de Braga perde com Wolfsburgo

 

Lusa/AO online   Futebol   27 de Nov de 2008, 22:04

O Sporting de Braga perdeu hoje 3-2 na recepção aos alemães do Wolfsburgo, em encontro da terceira jornada da Taça UEFA em futebol, ficando em situação complicada para poder seguir em frente na prova
O Sporting de Braga sofreu hoje um rude golpe nas aspirações de passar aos 16 avos-de-final da Taça UEFA de futebol, ao perder com os alemães do Wolfsburgo, em Braga, no último minuto.
A formação "arsenalista" esteve a vencer por duas vezes (1-0 e 2-1), mas o grande "balde de água fria" surgiu aos 94, com o golo do triunfo do Wolfsburgo, apontado por Misimovic.
Com esta segunda derrota consecutiva, o Sporting de Braga complicou as contas no Grupo E, faltando-lhe agora apenas defrontar o Heerenveen, na Holanda, precisando de vencer e aguardar pelo desfecho dos outros jogos.
O Wolfsburgo, que não pôde contar com o goleador Grafite, por lesão, surgiu na "pedreira" com algumas caras conhecidas dos portugueses, como Diego Benaglio (ex-Nacional), Ricardo Costa (ex-FC Porto) e Rodrigo Alvim (ex-Belenenses).
No Sporting de Braga, a novidade em relação ao último "onze" foi a presença de Rodriguez e Matheus, por troca com João Pereira e Luís Aguiar, que tinha sido titular em todos os jogos dos bracarenses na UEFA. 
O Braga, após um golo anulado ao Wolfsburgo, por fora-de-jogo, chegou à vantagem numa jogada confusa dentro da área de Diego Benaglio. Depois de alguns ressaltos e de um remate de Meyong, Barzagli acabou por desviar para a própria baliza.
O guarda-redes Eduardo foi colocado à prova por Gendtner, aos 12 minutos, e o perigo voltou a rondar a baliza do Sporting de Braga num cabeceamento de Edin Dzeko, aos 15 minutos, que saiu ao lado do poste esquerdo.
Os alemães, após várias ameaças à baliza "arsenalista", chegaram à igualdade por Edin Dzeko, aos 24 minutos, na recarga a um centro/remate de Dejagah, desviado ainda por Eduardo para o poste.
A formação bracarense procurou contrariar o ascendente da formação do Wolfsburgo e esteve perto de marcar por Renteria, aos 32 minutos, mas o remate acrobático saiu às redes laterais. 
Ainda antes do intervalo, e já com o Sporting de Braga a tomar conta do jogo, o guarda-redes Diego Benaglio falhou duas intervenções, aos 40 e 42 minutos, respectivamente perante Matheus e Meyong, mas sem consequências.
O Braga manteve a postura ofensiva no início da segunda parte e colheu frutos à passagem dos 50 minutos, com um golo de Meyong, a passe de Matheus, num lance em que a defesa do Wolfsburgo ficou a reclamar fora-de-jogo. 
A equipa germânica tentou, a exemplo do que tinha feito após ter sofrido o primeiro golo, reagir à desvantagem, mas o Braga, a trocar bem a bola e a ocupar os espaços, mostrou-se autoritário e não o permitiu.
Já perto do fim do jogo, aos 82 minutos, e numa altura em que Moisés, ligeiramente tocado, já não tinha pernas, Rodriguez cometeu uma grande penalidade, que Misimovic se encarregou de converter. 
O Sporting de Braga voltou a querer dar a volta ao resultado, mas acabou por sofrer um duro golpe com novo golo do Wolfsburgo, aos 94 minutos, novamente através de Misimovic, que explorou um espaço deixado em aberto na defensiva portuguesa.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.