Espaço

Satélite de telecomunicações mais poderoso do mundo já em órbita


 

Lusa/AO online   Internacional   27 de Dez de 2010, 17:58

O mais potente satélite de telecomunicações do mundo, da operadora Eutelsat Communications, entrou esta segunda-feira em órbita, devendo permitir o acesso a Internet de banda larga a mais de um milhão de lares na Europa e no Baixo Mediterrâneo.
O satélite europeu Ka-Sat, lançado na noite de domingo pelo foguete russo Proton-M, a partir do cosmódromo russo de Baikonour, no Cazaquistão, entrou hoje em órbita, anunciou o centro espacial Khrounitchev, em comunicado.

“O satélite entrou em órbita, com sucesso, às 10:03 de Moscovo (07:03 GMT)”, precisa o comunicado.

Trata-se do primeiro lançamento de um foguete Proton depois do fracasso de pôr em órbita três satélites russos de navegação Glonasse, que caíram no Oceano Pacífico a 1500 quilómetros do Havai, a 05 de Dezembro.

Depois deste incidente, atribuído por alguns especialistas a erros de programação do Proton, os lançamentos deste tipo de foguetes foram temporariamente interditos.

O Ka-Sat, construído pela Eutelsat para a Astrium, a divisão espacial do grupo europeu EADS, deve permitir o acesso à Internet de banda larga aos consumidores da Europa e do Baixo Mediterrâneo que não acedam a este serviço ou que tenham fracas ligações por via terrestre.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.