Eleições/EUA

Sarah Palin escolhida para a vice-presidência por John McCain

Sarah Palin escolhida para a vice-presidência por John McCain

 

Lusa/AO online   Internacional   29 de Ago de 2008, 15:30

A governadora do Alasca, Sarah Palin, foi escolhida pelo candidato republicano à Casa Branca, John McCain, para a vice-presidência dos Estados Unidos nas eleições de 4 de Novembro, segundo fontes da campanha citadas pela Associated Press.
Palin, de 44 anos, governadora desde 2006, é uma desconhecida na arena política nacional e é a segunda mulher a alcançar a candidatura à vice-presidência dos EUA, depois da democrata Geraldine Ferraro, em 1984.

    O candidato democrata, Barack Obama, escolheu no sábado para seu número dois na lista à eleição presidencial, o senador Joe Biden, considerado um especialista em relações externas e defesa.

    A escolha de Sarah Palin é relativamente inesperada depois de meses de especulação sobre um conjunto de outros possíveis candidatos a vice-presidente e o seu nome só surgiu hoje, dia escolhido por McCain para anunciar a sua escolha num comício em Dayton (Ohio), depois de os dois nomes mais recorrentemente referidos, Mitt Romney e Tim Pawlenty, terem sido afastados por fontes da campanha.

    Segundo os 'media' norte-americanos, Sarah Palin, mãe de cinco filhos, é considerada uma "estrela em ascensão" no Partido Republicano. A viver em Wasilla, no Alasca, desde os três meses de idade, Sarah Palin licenciou-se em jornalismo e ciência política pela Universidade de Idaho em 1987.

    A sua entrada na política deu-se em 1992, quando foi eleita para a assembleia municipal de Wasilla, depois de uma campanha contra o aumento dos impostos.

    Quatro anos mais tarde foi eleita presidente da câmara e, depois de dois mandatos, o Partido Republicano encorajou-a a candidatar-se em 2002 ao cargo de vice-governadora. Sarah Palin não conseguiu a eleição, ficando a cerca de 2.000 votos do seu adversário, mas em 2006 candidatou-se ao cargo de governadora e venceu, tornando-se na primeira mulher governadora daquele estado.

    O filho mais velho da governadora, Track, de 19 anos, entrou para o exército em Setembro de 2007 e deverá partir para o Iraque no próximo mês.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.