Santa Clara espera “jogo difícil” frente ao Rio Ave

Santa Clara espera “jogo difícil” frente ao Rio Ave

 

Lusa/AO online   Futebol   21 de Set de 2018, 16:41

O treinador do Santa Clara, João Henriques, admitiu hoje que a equipa açoriana vai ter "jogo difícil" no sábado frente ao Rio Ave, na quinta jornada da I Liga de futebol.


"Vai ser um jogo com uma equipa tremendamente difícil, que já demonstrou esta época isso mesmo e que é uma equipa que não necessita de grandes apresentações porque tem sido de facto uma equipa difícil de ultrapassar, que já este ano jogou a Liga Europa não se qualificando, mas dando boa conta daquilo que é”, começou por dizer João Henriques.

O treinador dos açorianos vê no Rio Ave uma equipa de jovens jogadores, “bem organizada” e “ofensivamente muito forte”.

“Esperamos um jogo difícil, obviamente", admitiu João Henriques em conferência de imprensa, no Estádio de São Miguel.

O treinador lembrou que a equipa de Vila do Conde, tem "um passado recente de muita qualidade", assinalando que na época anterior "terminou em lugar europeu".

"À semelhança daquilo que nós já recebemos aqui em casa, é mais uma equipa que na época anterior terminou em lugar europeu, à semelhança do Sporting de Braga e parecido com aquilo que o Boavista fez também, que esteve muito perto desses mesmos lugares europeus", justificou.

João Henriques considera que a última paragem competitiva teve "vantagens e desvantagens", reconhecendo que o tempo disponível sem jogos foi aproveitado para "preparar o jogo tranquilamente" com o Rio Ave.

"Foi uma pausa demasiado grande para aquilo que nós ambicionamos sempre, que é jogar. Por outro lado, deu para consolidar mais alguns processos, deu para fazer com que jogadores mais atrasados na sua preparação, porque chegaram mais tarde, ficassem num nível semelhante aos restantes que já cá estavam", admitiu.

O técnico do Santa Clara só não vai poder contar com o avançado Thiago Santana, devido a lesão prolongada, sendo que a restante equipa "está disponível" para fazer parte do onze titular.

"Preferíamos ter todos os jogadores aptos, mas não tendo o Thiago temos outro que vai jogar na posição e fazer muito bem o papel até porque nós valemos pelo todo. Obviamente que as individualidades importam e muito para decidirem em determinado momento, para estarem ao serviço desse mesmo coletivo", sublinhou.

Questionado se com Thiago Santana de fora, será a oportunidade para colocar em campo o jogador açoriano Clemente ou Ukra, João Henriques lembrou mais uma vez que estes "são jogadores que durante a época vão ajudar, como todos os outros".

"Se não contássemos com algum dos elementos deste plantel faríamos como fizemos anteriormente, dispensávamos, porque não fazíamos conta. Todos os outros fazem parte do plantel, estão sempre disponíveis para fazer parte dos dezoito, do onze, para ajudar e eles estão todos conscientes disso, são todos importantes", justificou.

O Santa Clara recebe no sábado o Rio Ave, em jogo no Estádio São Miguel, agendado para as 15:30 locais (16:30 em Lisboa).



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.