Iraque

Relatório militar britânico conclui que EUA e Reino Unido descuraram planeamento de pós-guerra


 

Lusa / AO online   Internacional   4 de Nov de 2007, 10:26

Os Estados Unidos e o Reino Unido descuraram o planeamento de cenários pós-guerra no Iraque, de acordo com um relatório militar britânico que é citado na edição de domingo do jornal inglês Telegraph.
    O relatório intitula-se "Uma análise da Operação Telic", foi realizado no final do ano passado e dá conta, segundo o jornal, que houve um fraco planeamento e recurso inadequados delineados pelos oficiais norte-americanos e que os interesses dos britânicos não foram levados em conta.

    "As provas mostram que a Operação Telic teve pouco planeamento, sobretudo no que toca a questões não militares, e que foram dispensadas poucos recursos, tanto humanos como financeiros, para o cenário do pós-guerra", escreve o jornal citando o relatório militar.

    A avaliar pelos excertos citados no jornal, o relatório militar vai de encontro aos que criticaram a operação militar no Iraque por ter feito pouco para prever o que aconteceria no país depois dos conflitos.

    O ministro da Defesa do Reino Unido já fez saber que não comenta a notícia do Telegraph.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.