Reforço de competências leva pais a dar mais apoio escolar aos filhos

Reforço de competências leva pais a dar mais apoio escolar aos filhos

 

Lusa/AO Online   Nacional   6 de Nov de 2009, 10:45

Cerca de 80 por cento dos pais que reforçaram as suas competências passaram a dar maior apoio escolar aos filhos, conclui um estudo que irá agora apurar o impacto dessa mudança no sucesso académico das crianças.

Aquela conclusão preliminar do estudo “CNO (Centro de Novas Oportunidades): Uma Oportunidade Dupla: da Promoção da Literacia Familiar ao Sucesso Escolar das crianças” será apresentada no “I Encontro Internacional de Literacia Familiar - As Implicações da Família no Sucesso Escolar”, a realizar nos próximos dias 13 e 14 de Novembro, em Coimbra.

Realizado pela Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC), o estudo envolveu 40 adultos que receberam formação em Centros Novas Oportunidades das regiões Centro, Norte e Lisboa e Vale do Tejo e que tinham filhos no 1º ciclo.

“A grande conclusão, enquanto estudo exploratório, é que houve uma mudança em 80 por cento dos casos na relação com a escola, uma maior participação dos pais nas actividades e tarefas escolares dos filhos”, disse à Lusa Lucília Salgado, coordenadora do projecto.

A família passou a envolver-se mais na leitura e na escrita, condições essenciais para o sucesso escolar, na óptica da investigadora.

“Não somos o pior país da Europa (ao nível de sucesso escolar) por acaso, há razões históricas, é importante a motivação no interior da família”, afirmou a docente, investigadora nas áreas da Literacia e igualdade de oportunidades na escola.

O aumento da auto-estima e autoconfiança dos pais, decorrente da aquisição das novas competências, levou-os a investir na promoção da escolarização e qualificação dos filhos.

“Uma das razões do insucesso escolar é a falta de um projecto de escolarização dos pais para os filhos, além da falta de literacia da família”, disse a investigadora, para quem a formação dada aos cerca de 750 mil adultos inscritos nos Centros Novas Oportunidades “está a tocar nas razões do insucesso escolar”.

As Novas Oportunidades - disse - poderão até contribuir para esbater as desigualdades de acesso a algumas ferramentas, que têm deixado as escolas dos meios sociais mais desfavorecidos no fim da tabela dos rankings das escolas.

O impacto que o aumento do reforço de competências dos pais tem no sucesso escolar dos filhos será agora analisado junto dos professores, envolvendo 200 famílias.

“A escola podia também fazer mais, ensinando as crianças a ler adequadamente, não deixando miúdos para trás, assim como as câmaras municipais”, disse a docente.

No encontro sobre as implicações da família no sucesso escolar estará presente uma das maiores especialistas mundiais nesta área, Ana Teberosky, da Univerdade de Barcelona, que abordará “A descoberta da linguagem escrita”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.