Açoriano Oriental
Reabilitação do porto de São Roque do Pico vai custar 30 milhões de euros

O Governo dos Açores vai lançar o concurso público para a reabilitação do porto comercial de São Roque do Pico, obra que deverá rondar os 30 milhões de euros, anunciou o presidente do executivo, José Manuel Bolieiro.

Reabilitação do porto de São Roque do Pico vai custar 30 milhões de euros

Autor: Lusa/AO Online

“Estamos a assumir, já com projeto em curso, a perspetiva de realizarmos, no primeiro trimestre de 2023, o lançamento do concurso para a obra de proteção da orla costeira e o ordenamento do cais comercial de São Roque do Pico”, garantiu o governante, em declarações aos jornalistas, no âmbito da visita estatutária do Governo à ilha do Pico.

O chefe do executivo lembrou que esta é uma obra “há muito acalentada” pelas entidades locais, mas sucessivamente adiada, e deixou o compromisso de o Governo de coligação (PSD, CDS-PP e PPM) avançar com os trabalhos, tal como já tinha prometido em tempo de campanha eleitoral para as últimas eleições regionais, realizadas em 2020.

“É, para mim, uma excelente notícia, porque tive oportunidade de aqui ter apostado forte no desenvolvimento do Pico e de São Roque, com esta obra, que protege e valoriza o Cais do Pico, separando, de forma inequívoca, o setor comercial, o setor de passageiros, o setor das pescas e um futuro setor da náutica de recreio”, explicou o governante.

O Governo Regional vai, entretanto, assinar um contrato com a Câmara Municipal de São Roque do Pico para que a autarquia comparticipe também na intervenção prevista no reordenamento do porto comercial, gerindo as obras a realizar na frente mar da vila, solução que agrada ao presidente do município.

“Toda a gente percebe que a frente mar do Cais do Pico está a morrer. É preciso reabilitá-la, é preciso dar vida aquilo que foi a génese deste concelho e eu fico muito satisfeito por hoje ver aqui assumido um compromisso por parte do senhor presidente do Governo, de realizar esta obra, já no próximo ano”, realçou o social-democrata Luís Filipe Silva.

Além da obra de reordenamento do porto comercial, o Governo admitiu também estudar uma solução de proteção do cais comercial, cuja cabeça do molhe de proteção está exposta à ondulação do quadrante norte.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados