Eleições Legislativas 2019

PSD fará ouvir a voz dos Açores em Lisboa diz António Ventura

PSD fará ouvir a voz dos Açores em Lisboa diz António Ventura

 

Rui Jorge Cabral   Regional   4 de Out de 2019, 09:50

Número dois da lista do PSD/Açores à Assembleia da República promete continuar a questionar e a acusar os ministros quando for preciso defender a Região

O candidato número dois da lista do PSD/Açores nas eleições para a Assembleia da República, António Ventura, afirmou que votar no PSD “é fazer ouvir a voz dos Açores em Lisboa”.

Citado em nota de imprensa quando falava durante uma sessão de apresentação dos candidatos terceirenses do PSD/Açores à Assembleia da República, António Ventura garantiu que irá “continuar a fazer ouvir a voz dos Açores, como fiz nestes quatro anos, questionando e acusando os ministros que forem precisos, tudo para defender a nossa Região. Esse é um compromisso mais do que assumido”.

António Ventura, que já foi eleito deputado à Assembleia da República em 2015, acrescentou também que irá “continuar a chatear os ministros, sejam eles do PS, do PSD, ou de qualquer ‘geringonça’, porque em primeiro lugar estão sempre os interesses dos açorianos”.

O candidato do PSD/Açores recordou que “essa nossa postura fez até com que os deputados açorianos do PS, que alinhavam num silêncio cúmplice com o Governo da República, tivessem de reconhecer que havia um défice no que toca às promessas e às medidas para os Açores. E tiveram também de se manifestar”.

António Ventura criticou ainda “o vasto leque de promessas que ficaram por cumprir face à Ilha Terceira. Incumprimentos que contaram com o convénio do governo açoriano, que nem depois de um acordo assinado com a República - em 2016 - as soube fazer honrar”.

Por fim, António Ventura alertou que “um novo governo do PS vai levar o país à falência, ainda mais quando este PS se juntou a uma Esquerda que cria facilitismos e a desresponsabilização da sociedade”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.