Política

PSD acusa Carlos César de colocar "açorianos contra açorianos"

PSD acusa Carlos César de colocar "açorianos contra açorianos"

 

Lusa/AO online   Regional   10 de Dez de 2010, 16:14

O PSD/Açores acusou esta sexta-feira o presidente do governo regional, Carlos César, de colocar “açorianos contra açorianos” com a remuneração compensatória aos funcionários da administração pública regional, criando ainda condições para que os “centralistas” ataquem a autonomia.
“Com esta situação, Carlos César põe açorianos contra açorianos e dá oportunidade aos centralistas e às desconfianças de Lisboa para atacar a autonomia a quem, deste modo, o próprio presidente do governo presta um péssimo serviço”, refere um comunicado da Comissão Política Regional (CPR) do PSD/Açores.

Para os sociais-democratas, “a agitação política criada (por Carlos César) a propósito da compensação remuneratória a uma parte dos funcionários públicos da região está a prejudicar a autonomia, a sua afirmação e credibilidade”.

A CPR do PSD/Açores considera que o presidente do executivo açoriano, “cada vez mais isolado e sem saída, tem feito um exercício de demagogia e confusão”, criticando o facto de a remuneração compensatória apenas abranger “uma pequena parte dos açorianos” e de Carlos César “confundir a remuneração compensatória com outros suplementos salariais ou sociais em vigor”.

Nesse sentido, salienta que a remuneração compensatória para todos os funcionários públicos da região e os complementos ao abono de família e à reforma pretendem “reconhecer as especificidades próprias de se viver nas ilhas e fazer com que quem tenha esta residência não possa ser prejudicado em relação aos cidadãos do resto do país”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.