PSD/Açores diz que congresso do PS foi "poucochinho" para necessidades da região

PSD/Açores diz que congresso do PS foi "poucochinho" para necessidades da região

 

Lusa/Ao online   Regional   16 de Set de 2018, 16:13

O deputado do PSD à Assembleia da República António Ventura considerou este domingo que a intervenção do líder do PS/Açores no encerramento do congresso dos socialistas da região trouxe "poucochinho" para a resolução dos problemas dos açorianos.

"O PS não chegou hoje de para-quedas aos Açores, está a governar há 22 anos. O que era preciso fazer era um 'mea culpa' pela não resolução dos problemas dos açorianos e depois então avançar com novas medidas", começou por declarar o social-democrata, falando aos jornalistas sobre a intervenção de hoje de Vasco Cordeiro.

Para António Ventura, as medidas apresentadas pelo líder do PS/Açores e também presidente do Governo Regional "são poucochinho, mesmo muito poucochinho para aquilo que são os verdadeiros problemas dos açorianos e dos que vivem nas ilhas".

"O PS está a governar há 22 anos e há problemas que persistem", sinalizou o social-democrata da Terceira, abordando matérias como Saúde ou Educação.

O PS/Açores esteve reunido entre sexta-feira e hoje na Praia da Vitória, na ilha Terceira, em congresso regional.

O líder do PS/Açores, Vasco Cordeiro, anunciou na intervenção de fecho dos trabalhos a criação de medidas para ajudar os jovens a encontrar emprego, os pais que querem conciliar o trabalho com a vida familiar e os idosos que necessitam de cuidados ao domicílio.

O socialista asseverou também querer dar um "primeiro impulso" para um processo de descentralização de competências na região, para municípios e freguesias, "em benefício dos açorianos e das açorianas".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.