Proposta de estratégia para Agricultura Biológica recebeu cerca de uma dezena de contributos durante a fase de consulta pública

Proposta de estratégia para Agricultura Biológica recebeu cerca de uma dezena de contributos durante a fase de consulta pública

 

AO Online/Gacs   Regional   21 de Jun de 2018, 16:01

A proposta de estratégia para o desenvolvimento da Agricultura Biológica e o plano de ação para a produção de produtos biológicos nos Açores, cujo período de consulta pública já terminou, recebeu cerca de uma dezena de contributos de várias entidades.

Durante os 60 dias em que o documento esteve em consulta pública foram remetidos contributos válidos e bastante pertinentes de entidades singulares e coletivas, de várias ilhas dos Açores, que estão agora em fase de análise.

A proposta de estratégica, segundo nota do Gacs, entregue ao Secretário Regional da Agricultura e Florestas a 28 de março, foi elaborado por um grupo de trabalho, que incluiu técnicos e membros da Cooperativa BioAzórica, da ilha Terceira e da TryBio, do Faial, tendo sido coordenado pelo professor Universidade dos Açores, David Horta Lopes.

Em abril decorreu a apresentação pública da proposta, nas instalações do Serviço de Desenvolvimento Agrário de São Miguel, uma sessão pública muito participada.

A proposta de estratégia e o plano de ação forma concebidos para um horizonte temporal de 10 anos e definidos cinco objetivos estratégicos, que passam pela expansão das áreas de produção biológica, aumento da produção e, consequentemente, da oferta de produtos agrícolas e agroalimentares com origem na produção biológica, promoção do conhecimento técnico e científico, dinamização da inovação empresarial e disponibilização de informação estatística, bem como fomento da promoção e reforço da confiança e da credibilidade destes produtos junto dos consumidores.

Para o Governo Regional os Açores não podem ficar à margem de uma tendência mundial crescente de aposta na produção bio, contribuindo, de forma positiva, para o ambiente, para a saúde pública e para a segurança alimentar.

Os Açores já têm atualmente projetos na área da agricultura biológica ao nível da horticultura e da produção de carne, além de um projeto piloto na área do leite.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.