PCP/Açores admite que resultados ficaram "aquém dos objetivos"

PCP/Açores admite que resultados ficaram "aquém dos objetivos"

 

Lusa/AO online   Regional   14 de Out de 2012, 22:38

O coordenador regional do PCP/Açores, Aníbal Pires, admitiu que os resultados eleitorais deste domingo nos Açores ficaram "aquém dos objetivos" da CDU, mas manifestou-se satisfeito com a manutenção da representação parlamentar.

"Ficámos aquém daquilo que nos tínhamos proposto. Os nossos objetivos eram muito claros e julgamos que se tivessem sido atingidos seriam os que melhor teriam servido o povo açoriano", afirmou Aníbal Pires, numa declaração, na sede do partido em Ponta Delgada.

Aníbal Pires, que foi reeleito, voltou a defender a necessidade de ter tido “um governo de maioria relativa” e "um reforço da CDU", tendo em conta "o período conturbado a nível nacional e regional", frisando que "seria fundamental que outras forças politicas pudessem dar um contributo diferente".

Apesar disso, o coordenador regional do PCP/Açores salientou o facto de ser mantida a representação parlamentar, garantindo que a CDU vai prosseguir o seu projeto político "de modo a que se possa defender a Autonomia e o povo açoriano das medidas penalizadoras que o Governo da República tem vindo a implementar".

O líder regional comunista referiu ainda que este cenário que se verificou hoje em termos eleitorais leva a pensar num cenário em 2004: "Houve uma grande concentração também de votos no PS porque havia o perigo de replicar um Governo do PSD/CDS na região".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.