Açoriano Oriental
Web Summit
Pandemia mostrou que nenhum país consegue enfrentar sozinho problemas globais, defendeu PR

O Presidente da República defendeu esta sexta feira que a pandemia demonstrou que "nenhum país e nenhuma superpotência" consegue, por si só, enfrentar um problema global, no encerramento da Web Summit, evento onde espera estar no próximo ano já presencialmente.

Pandemia mostrou que nenhum país consegue enfrentar sozinho problemas globais, defendeu PR

Autor: AO Online/ Lusa

Numa mensagem pré-gravada que enviou à Web Summit, para o encerramento desta cimeira que decorreu este ano em formato exclusivamente digital, o Presidente da República congratulou-se por, afirmou, "o mundo estar a voltar ao multilateralismo" considerando que isso é que é "o razoável".

“Porque a pandemia mostrou que nenhum país e nenhuma superpotência consegue enfrentar sozinha com uma questão desta natureza. É impossível. Temos de agir em conjunto, com as organizações internacionais”, declarou Marcelo Rebelo de Sousa.

Considerando que a Web Summit “não trata apenas de tecnologia e transição digital” e que diz respeito “ao futuro da Humanidade”, Marcelo Rebelo de Sousa disse que no próximo ano estará presente no evento que espera que decorra já no formato habitual, presencialmente, voltando a reunir "em carne e osso" todos os que querem "aprender, ouvir" e os que vão “apenas pela diversão”.

"No próximo ano estaremos aqui, eu estarei aqui a falar de alterações climáticas, da revolução digital, da solidariedade, do comércio livre para um mundo melhor, e isso são boas notícias, boas notícias", disse o chefe de Estado.

O Presidente da República recordou que há "dois ou três anos" falou, naquela cimeira, "das alterações climáticas", numa altura em que "havia quem dissesse que isso não era uma questão".

"E agora, quando EUA voltam ao Acordo de Paris sentimos que tínhamos razão, não estávamos errados, estávamos certos”, defendeu.

O presidente eleito dos EUA Joe Biden já declarou a sua vontade em retornar ao Acordo de Paris, que é um tratado elaborado em 2015 no âmbito da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (CQNUMC), que rege as medidas de redução de emissão dos gases do efeito estufa.

Para isso, os Estados Unidos deveriam solicitar oficialmente a sua reentrada assim que Biden assumir o cargo, no dia 20 de janeiro, e o pedido seria efetivado em 30 dias.

A Web Summit, considerada uma das maiores cimeiras tecnológicas do mundo, decorreu este ano totalmente `online´ com "um público estimado de 100 mil" pessoas.

Após duas edições realizadas em Lisboa (2016 e 2017), a Web Summit e o Governo Português anunciaram, em outubro de 2018, uma parceria a dez anos que permite manter a conferência na capital Portuguesa até 2028.



PUB
 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.