Açoriano Oriental
Obama reitera a necessidade de uma ação significativa para evitar mais tragédias com armas
O Presidente norte-americano, Barack Obama, reiterou hoje a necessidade de
Obama reitera a necessidade de uma ação significativa para evitar mais tragédias com armas

Autor: LUSA/AOnline

Obama reiterou hoje, no seu discurso semanal, as declarações que fez na sexta-feira, depois do país assistir ao massacre de 20 crianças e seis adultos, que foram mortos por Adam Lanza, numa escola primária em Newtown, no Estado do Connecticut. O atirador terá cometido suicídio depois do massacre.

As declarações de Obama pode reabrir o debate sobre o controlo de armas nos Estados Unidos, um assunto que gera sempre muita polémica.

Autoridades, como o ´mayor´ de Nova Iorque, Michael Bloomberg, acreditam que é preciso uma lei que corrija este problema.

A polícia estadual norte-americana afirmou hoje que o atirador forçou a sua entrada no edifício da escola primária de Newtown.

Segundo o Tenente Paul Vance o atirador afinal não terá entrado na escola básica Sandy Hook em Newton armado sem qualquer problema, como era inicialmente avançado mas terá ao invés forçado a sua entrada na escola.

As autoridades disseram também que Adam Lanza matou a sua mãe na manhã de sexta-feira, antes de pegar no carro e nas armas da mãe e dirigir-se à escola onde matou a tiro 20 crianças e seis adultos antes de se suicidar.

 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.