Liga

O regresso dos jogos domésticos após périplo internacional mediano

O regresso dos jogos domésticos após périplo internacional mediano

 

Lusa/AO online   Futebol   19 de Set de 2008, 21:35

O futebol português regressa sábado à versão doméstica da Liga após três semanas de interregno internacional, marcado por cinco derrotas em nove jogos, da qualificação para o Mundial2010 e competições europeias
Após o regresso tremido de Carlos Queiroz à selecção portuguesa, marcado por um triunfo obrigatório em Malta (4-0) e uma derrota perigosa com a Dinamarca (2-3), em Alvalade, seguiram-se as competições europeias de clubes, com resultados fracos e que podem agravar o “ranking” português na UEFA.
O Sporting, que iniciou o périplo português pela Europa com uma derrota em Barcelona (1-3), na jornada inaugural da Liga dos Campeões, é agora anfitrião da abertura da terceira jornada, ao receber sábado o Belenenses, num “derby” lisboeta que prepara a visita dos “leões” ao Benfica, na jornada seguinte.
Quanto ao FC Porto, que acabou com uma malapata de cinco anos e conseguiu finalmente vencer na abertura da “Champions” (3-1 ao Fenerbahçe), visita domingo o Rio Ave, horas depois do outro vencedor português da ronda europeia, o Sporting de Braga (4-0 ao Artmedia), defrontar em Matosinhos o Leixões.
Ainda no mesmo dia, no jogo de abertura da ronda domingueira, o Marítimo, ainda na “ressaca” da derrota sofrida no Funchal com o Valência (0-1), na abertura da primeira eliminatória da Taça UEFA, também joga fora, no campo do Estrela da Amadora.
Por seu turno, o Vitória de Setúbal - esteve próximo de arrecadar a terceira vitória para Portugal nesta ronda europeia, não fosse o golo do Heerenveen (1-1) nos últimos instantes do jogo - defronta a Académica em Coimbra.
Tal como o Sporting, também o Vitória de Guimarães regressa ao campeonato interno a jogar em casa, cabendo aos vimaranenses receber segunda-feira o Nacional, líder do campeonato, quatro dias depois do desaire sofrido em Inglaterra, face ao Portsmouth (0-2).
Finalmente, o Benfica, que sofreu o desaire menos comprometedor entre as equipas portuguesas derrotadas na Taça UEFA (2-3 em Nápoles), fecha a terceira jornada em Paços de Ferreira, onde procurará ganhar o primeiro jogo oficial (começou o campeonato com empates diante o Rio Ave e FC Porto, ambos por 1-1).
Os “encarnados” vão apresentar-se na Mata Real desfalcados do central e “capitão” Luisão, que vai falhar os dois próximos devido a um sumaríssimo, mas, por outro lado, poderão estrear David Suazo, que, na estreia, “facturou” no San Paolo.
Naval 1º de Maio e Trofense, disputam o segundo jogo da jornada de domingo, num confronto com a particularidade de ser o único da ronda sem equipas “europeias”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.