Açoriano Oriental
Novo inspetor das atividades económicas depois das eleições

A Inspeção Regional das Atividades Económicas, a entidade fiscalizadora com o objetivo de garantir o cumprimento de todas as normas que disciplinam as atividades económicas, está a funcionar sem um inspetor regional desde setembro de 2019.

Novo inspetor das atividades económicas depois das eleições

Autor: Luís Pedro Silva

Com a saída de Paulo Machado para o conselho de administração do Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, foi colocada Eduarda Carreiro, diretora de serviços da IRAE, a liderar a gestão da entidade responsável pela fiscalização das atividades económicas nos Açores.

A liderança transitória vai continuar durante mais alguns meses, segundo explicou o gabinete do vice-presidente do Governo Regional dos Açores, acrescentando que será o próximo executivo regional a escolher o responsável da IRAE.

“Tendo em conta que a atual legislatura está a terminar não seria compreensível a nomeação de um novo IRAE por um período tão curto de tempo. Deve o novo IRAE ser nomeado no início da próxima legislatura com a tomada de posse do próximo Governo Regional, fazendo coincidir o seu mandato com o do próximo Governo”, explicou o gabinete de Sérgio Ávila.

O Governo Regional dos Açores refere que Eduarda Carreiro, diretora de serviços da IRAE, desde 2012, “tem assumido as competências do Inspetor Regional nas respetivas ausências e impedimentos. Por conseguinte, naturalmente, a diretora de serviços da IRAE tem assegurado, e bem, o normal funcionamento da IRAE, em todas as áreas, zelando pelo cumprimento das normas que regem as atividades económicas dos setores alimentar e não alimentar”.

O gabinete do vice-presidente do executivo regional destaca que a execução das competências atribuídas à IRAE continuam a ser asseguradas com “a qualidade e profissionalismo dos seus dirigentes e trabalhadores”.

“Pode-se ainda salientar, por exemplo, que desde o início do corrente ano já se realizaram mais de 50% das ações inspetivas efetuadas durante todo o ano de 2018 e 2019, o que demonstra que a IRAE tem mantido constante e sem alteração os níveis de atividade inspetiva dos anos anteriores. Estes dados são ainda mais relevantes, tendo em conta que mesmo durante o período de confinamento, a IRAE manteve em funcionamento as equipas de inspeção, como tem sido dado nota pública em diversas ocasiões”, assinala o gabinete de Sérgio Ávila.

 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.