Açoriano Oriental
Nova Comissão Europeia inicia funções com celebração do Tratado de Lisboa

 A nova Comissão Europeia inicia hoje funções, com a presidente Von der Leyen a participar numa cerimónia de celebração dos 10 anos do Tratado de Lisboa, que marca também a ‘estreia’ do novo presidente do Conselho Europeu, Charles Michel.


Foto:
Autor: AO Online/ Lusa

Quatro dias depois de ter recebido finalmente o voto favorável do Parlamento Europeu, o novo executivo comunitário, que integra a comissária Elisa Ferreira, responsável pela pasta da Coesão e Reformas, inicia hoje o seu mandato de cinco anos, no mesmo dia em que se celebra o décimo aniversário da entrada em vigor do Tratado de Lisboa, assinado em Lisboa em dezembro de 2007, durante a anterior presidência portuguesa da UE.

No curto evento, que decorrerá na Casa da História Europeia, na capital da UE, participarão ainda o novo presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, que também inicia hoje o seu mandato, o presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli, e a nova presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde.

Na segunda-feira, Ursula Von der Leyen ruma a Madrid e discursará na sessão inaugural da Conferência da ONU sobre o Clima, e na quarta-feira presidirá, em Bruxelas, à primeira reunião do seu colégio de comissários, dando de seguida uma conferência de imprensa na sede da Comissão Europeia.

A «Comissão Von der Leyen», que sucede à «Comissão Juncker», deveria ter iniciado funções em 01 de outubro, mas o 'chumbo' de três comissários designados pelo Parlamento Europeu provocou um atraso de um mês no processo, que ficou concluído finalmente na passada quarta-feira, com a assembleia a aprovar, em Estrasburgo, o conjunto do colégio, com 461 votos a favor, 157 contra e 89 abstenções, num total de 707 votos expressos.



Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.