Mulher detida em Loures para cumprir 20 anos de prisão por matar filho recém-nascido


 

Lusa/Ao online   Nacional   9 de Fev de 2019, 01:17

 Uma mulher de 25 anos foi detida no concelho de Loures para cumprimento de uma pena de 20 anos de prisão, aplicada por ter matado o filho recém-nascido, em fevereiro do ano passado, anunciou esta sexta feira a PSP.

“O Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP, através da Divisão Policial de Loures, no dia 07 de fevereiro (quinta-feira), procedeu à detenção de uma mulher, de 25 anos, por pender sobre esta um mandado de detenção para cumprimento de pena efetiva de vinte anos pela prática do crime de homicídio qualificado”, refere o Cometlis, em comunicado.

Fonte policial explicou à agência Lusa tratar-se da mulher que matou o filho, recém-nascido, em fevereiro do ano passado, e que foi recentemente condenada a 20 anos de cadeia pelo Tribunal de Loures.

“Após um complexo processo de análise e de várias diligências no sentido de localizar a foragida, os polícias da PSP lograram localizar a suspeita na União de Freguesias Camarate, Unhos e Apelação, tendo sido dado cumprimento ao mandado de detenção”, acrescenta o Cometlis.

A detida, segundo o comunicado, “foi de imediato conduzida ao Estabelecimento Prisional de Tires, onde ficará a cumprir a pena”.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.