MPT triste por não eleger deputado mas satisfeito com "adesão" dos açorianos


 

Lusa/AO online   Regional   14 de Out de 2012, 22:53

O líder do MPT nos Açores, Manuel Moniz, afirmou este domingo estar triste "por provavelmente ainda não ter conseguido a eleição" na votação regional dos Açores, mas frisou estar satisfeito a "maior adesão do eleitorado" à sua mensagem.

"Por um lado estou entristecido por provavelmente não conseguir a eleição, mas por outro feliz porque mais açorianos compreenderam a minha mensagem", afirmou à Lusa Manuel Moniz, que foi o cabeça de lista do MPT pelo círculo de S. Miguel nas eleições regionais açorianas.

Manuel Moniz assegurou ainda estar "satisfeito com a forma como a campanha decorreu", destacando que o partido apresentou “várias ideias que foram aceites".

O líder do MPT nos Açores sublinhou ainda que o seu partido é aquele que fez campanha "com menos recursos financeiros", estimando que deverão ter sido gastos "menos de 2.000 euros".

O PS ganhou hoje as eleições regionais açorianas, com maioria absoluta dos deputados eleitos no Parlamento Regional. O MPT obteve 833 votos, que correspondem a 0,77 por cento, ficando em sexto lugar entre os 12 partidos concorrentes.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.