Açoriano Oriental
Morreu o ator e argumentista Tozé Martinho

O ator e argumentista Tozé Martinho morreu este domingo, os 72 anos, no Hospital de Cascais, disse à Lusa fonte da família.


Autor: AO Online/ Lusa

Segundo a mesma fonte, Tozé Martinho morreu devido a uma paragem cardiorrespiratória.

António José Bastos de Oliveira Martinho, que nasceu em Lisboa em dezembro de 1947, estreou-se como ator no início da década de 1980 na primeira telenovela portuguesa, “Vila Faia”.

No entanto, foi ainda na década de 1970 que apareceu pela primeira vez nos ecrãs de televisão, ao participar no programa “A Visita da Cornélia”, ao lado da mãe, a atriz e escritora Maria Teresa Ramalho, conhecida como Tareka (1927-2018).

Irmão da escritora Ana Maria Magalhães, Tozé Martinho estreou-se na escrita de argumentos com a telenovela “Palavras Cruzadas”, exibida no final dos anos 1980 na RTP, onde além de coautor foi também ator.

Ao longo da carreira, Tozé Martinho participou em várias telenovelas e séries, como ator, argumentista, sobretudo da RTP e da TVI.

“Roseira Brava” (RTP), “A Lenda da Garça” (RTP), “Os Homens da Segurança” (RTP), “Olhos de Água” (TVI), “Amanhecer” (TVI) e “Louco Amor” (TVI) foram alguns dos projetos em que esteve envolvido.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.