Mobilização de "coletes amarelos" sobe para 84.000 manifestantes em França

Mobilização de "coletes amarelos" sobe para 84.000 manifestantes em França

 

Lusa/Ao online   Internacional   12 de Jan de 2019, 19:51

Cerca de 84.000 pessoas manifestaram-se este sábado em França em mais um protesto dos "coletes amarelos", ultrapassando os 50.000 manifestantes da semana anterior, anunciou o Ministério do Interior.

Em Paris, onde foram mobilizados perto de 5.000 membros das forças da ordem, 8.000 pessoas desfilaram "calmamente" e "sem incidentes graves assinalados", de acordo com o Ministério do Interior. Em todo o território francês foram feitas 244 interpelações.

"Ao longo da semana apelei ao fim da violência e vi que hoje em Paris a responsabilidade venceu a vontade de confrontação. Agora o lugar é dado ao grande debate nacional, que vai começar na terça-feira e deve decorrer num clima sereno e construtivo", afirmou o ministro do Interior, Christophe Castaner, numa declaração à AFP.

Mas, em várias cidades e regiões como Nimes, Nantes, Rouen, Caen ou Saint-Brieuc registaram-se confrontos entre manifestantes e forças da ordem.

Ao longo da semana, as autoridades já tinham antecipado que a mobilização poderia aumentar e alertaram para os riscos. O governo multiplicou os avisos e prometeu que responderia com firmeza à violência.

Cerca de 80.000 membros das forças da ordem foram mobilizados em todo o território francês.

Este foi o nono sábado de mobilização num protesto que começou por ser contra o aumento dos combustíveis e contra a queda do poder de compra e atualmente contesta a política social e fiscal do governo.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.