Ministério Público já fez 15 arguidos na Operação Asclépio

Ministério Público já fez 15 arguidos na Operação Asclépio

 

Luís Pedro Silva   Regional   14 de Out de 2019, 06:04

Decorre há quatro anos investigação por suspeitas de corrupção envolvendo organismos do Serviço Regional de Saúde dos Açores.

A investigação da Operação Asclépio, que investiga suspeitas de crimes de corrupção envolvendo organismos do Serviço Regional de Saúde dos Açores, já está com 15 arguidos, segundo a informação transmitida pelo coordenador do Ministério Público nos Açores. O processo está a ser investigado no DIAP de Ponta Delgada e viveu o seu momento mais alto com a detenção de quatro suspeitos a 11 de outubro de 2017.

A maioria dos novos arguidos já estava identificada, previamente, pelo Ministério Público e constava da lista de nomes inseridos nos mandados de busca emitidos pelo Tribunal de Ponta Delgada, em outubro de 2017.



Ler mais na edição desta segunda-feira, 14 outubro 2019, do jornal Açoriano Oriental

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.