Açoriano Oriental
México quer reunião com EUA após Trump anunciar que vai designar cartéis mexicanos de terroristas

O México quer uma reunião de alto nível com os Estados Unidos "o mais breve possível", após as declarações do Presidente norte-americano que anunciou a intenção de designar os cartéis mexicanos como organizações terroristas internacionais.

article.title

Foto: EPA/SHAWN THEW
Autor: Lusa/AO Online

O ministro das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, estabelecerá contacto com o se homologo norte-americano, Mike Pompeo, "a fim de discutir esta questão muito importante para a agenda bilateral", apontou, em comunicado, o Governo mexicano.

O objetivo da reunião é "conhecer o conteúdo e os planos das declarações” feitaspor Donald Trump, indicou a mesma nota.

"O Governo do México continuará o seu trabalho diplomático no sentido de, a partir da cooperação e da inteligência, garantir a segurança de ambos os países", acrescentou o Ministério das Relações Exteriores.

Horas antes, na terça-feira, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que vai designar os cartéis mexicanos como organizações terroristas estrangeiras.

"Sim, vou designar os cartéis de drogas. Absolutamente", disse Trump quando questionado sobre o tema durante uma entrevista de rádio no canal do conversador Bill O'Reilly.

O Presidente norte-americano reconheceu que está a trabalhar nesta matéria há 90 dias, já que "o processo não é fácil".

Trump, no entanto, não detalhou as consequências da designação desses cartéis mexicanos como organizações terroristas.

"Não vou dizer o que vou fazer", respondeu Trump, questionado se iria usar drones para realizar ataques.

No entanto, admitiu que ofereceu ao Presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, uma colaboração na luta contra os cartéis: "Eu disse-lhe para nos deixar entrar e limpar tudo, mas, até ao momento, ele rejeitou a oferta".

"Gosto muito do Presidente (López Obrador), dou-me bem com este Presidente, muito melhor do que com anterior (Enrique Peña Nieto), e, em teoria, este Presidente tem tendências socialistas, mas acho que ele é um bom homem", acrescentou.

Os Estados Unidos têm uma longa lista de organizações designadas como terroristas, como as organizações islâmicas, marxistas ou separatistas.

Entre essas organizações estão o Hamas palestiniano e o Hezbollah libanês, o Exército de Libertação Nacional da guerrilha colombiana (ELN), o Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica Iraniana ou o grupo jihadista do Estado Islâmico.

A designação dos cartéis como terroristas pode levar a novas sanções contra essas organizações, além de mais recursos para combatê-los.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.