México detém mais de 1.600 "quadros" de cartéis e gangs


 

Lusa / AO online   Internacional   19 de Jul de 2010, 12:00

O governo mexicano anunciou no domingo ter detido mais de 1.600 “quadros” de cartéis da droga ou gangs de sequestradores desde a sua chegada à liderança do país, em Dezembro de 2006.
“De 1 de Dezembro de 2006 até 16 de Julho de 2010, a Polícia federal deteve um total de 1.626 pessoas ligadas a uma ou a outra das organizações criminosas envolvidas no tráfico de droga ou em sequestros, e pertencentes à estrutura de comando”, revelou um comunicado do ministério da Segurança do México.

No entanto, os cartéis mexicanos tornaram-se mais mortíferos desde Dezembro de 2006. Quase 25.000 pessoas morreram “na guerra dos cartéis” entre gangs rivais ou contra o exército e a polícia, e já mais de 7.000 este ano.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.