Acidente

Menino de três anos morre afogado em piscina de turismo rural


 

Lusa/AO online   Nacional   12 de Set de 2008, 16:50

Um menino de três anos de nacionalidade russa morreu por afogamento num aldeamento de turismo rural em Santa Catarina, Tavira, elevando para cinco o número de crianças afogadas em piscinas este ano na região.
"Uma criança de três anos caiu numa piscina em Santa Catarina, em Tavira, num aldeamento turístico" e o alerta foi dado cerca das 09:27, indicou fonte do Comando Distrital de Operação de Socorros (CDOS), adiantando que no local esteve a GNR e a Emergência Médica.

    Desde o início do Verão, morreram no Algarve cinco crianças vítimas de afogamento em piscinas nos concelhos de Silves (2) e Lagos (1) e Tavira (2).

    Os autarcas do Algarve anunciaram hoje, por seu turno, que vão apresentar em Outubro um conjunto de normas técnicas para aplicação no licenciamento de piscinas na região, uma medida para combater os afogamentos, que este ano já tiraram a vida a cinco crianças.

    "Ainda que as leis gerais do Estado não contemplem essa preocupação, os municípios devem desde já introduzir normas técnicas de licenciamento que obstem a que este drama se repita e continue", declarou Macário Correia, presidente da Área Metropolitana do Algarve (AMAL).

    Na sequência do crescente número de episódios relacionados com o afogamento de crianças, o Serviço de Urgência do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio decidiu lançar uma campanha institucional designada "Mamãs e Papás em Alerta", tendo a ministra da Saúde participado na apresentação.

    Nos primeiros oito meses deste ano, já se registaram em Portugal 11 mortes de crianças por afogamento.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.