McDonald's encerra sítio na Internet que aconselhava empregados a não ingerir a sua comida diariamente

McDonald's encerra sítio na Internet que aconselhava empregados a não ingerir a sua comida diariamente

 

Lusa/AO online   Internacional   27 de Dez de 2013, 09:06

A McDonald's encerrou um sítio na Internet denominado McResource com conselhos para o consumo aos seus próprios empregados que causou polémica por recomendar que estes não ingiram diariamente os seus próprios produtos, revelou o Wall Street Journal.

A empresa justificou a ação, tomada a 24 de dezembro, por considerar que muitas das suas afirmações “eram utilizadas nos meios de comunicação de forma descontextualizada” e defendeu-se dizendo que a página encerrada “não desaconselhava” a comida rápida, mas aconselhava à “tomada de decisões” tendo todas as informações.

O grupo “low Pay is Noto OK” tinha denunciado as mensagens da empresa para que os funcionários reduzam as despesas e entre eles incluía conselhos sobre como praticar o pluriemprego, ter uma alimentação sã ou quanto pagar a amas ou outros empregados domésticos.

Em substituição da página encerrada a McDonald's vai criar uma linha de atendimento telefónico.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.