Jerónimo de Sousa destaca "clara penalização da política nacional" do PSD

Jerónimo de Sousa destaca "clara penalização da política nacional" do PSD

 

AO online   Regional   14 de Out de 2012, 21:04

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, afirmou este domingo que as eleições dos Açores são "uma clara penalização da política nacional" do PSD, acrescentando que os açorianos descobrirão "brevemente" que o PS não é alternativa.

"É inevitável que neste resultado, na leitura política que se pode fazer desde já, há uma clara penalização da política nacional que está sendo realizada particularmente e com responsabilidade do PSD", disse Jerónimo de Sousa, em Lisboa, na sede do PCP, num comentário aos resultados das legislativas dos Açores de hoje.

O líder comunista destacou que estas eleições ocorreram antes de ser conhecido "o conteúdo objetivo" do Orçamento do Estado para 2013 e que o PS conseguiu "fazer um processo de responsabilização da política nacional no PSD no seu todo".

"E simultaneamente o PSD confirmou, pela voz de Passos Coelho, pela voz do primeiro-ministro, que vai penalizar duramente todos os portugueses, incluindo os açorianos. A nota que eu gostaria de sublinhar é que o PS açoriano, através do programa de assistência financeira que já assumiu com o Governo, parece disponível para aceitar a aplicação do pacto de agressão nos Açores, ou seja, os açorianos vão descobrir rapidamente que o PS não é oposição, não é alternativa a esta política de direita que está sendo realizada", acrescentou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.