Açoriano Oriental
Israel diz que anulou plano do Hamas para matar ministro Negócios Estrangeiros
Os serviços de informações internos israelitas (Shin Beth) afirmaram quinta-feira à noite que foram detidos três membros do movimento islamita palestiniano Hamas, suspeitos de preparação do assassínio de um ministro de Israel.
article.title

Foto: EPA/JIM HOLLANDER
Autor: Lusa/AO online

Em comunicado, o Shin Beth especificou que o alegado alvo era o ministro dos Negócios Estrangeiros, Avigdor Lieberman.

Os suspeitos palestinianos são acusados de “recolherem informações sobre as deslocações do ministro” de e para o seu domicílio, no colonato de Nokdim, na Cisjordânia, e procurarem obter um lança-foguetes para visar o veículo.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.