Hillary Clinton pede progressos na partilha do poder na Irlanda do Norte


 

Lusa / AO online   Internacional   12 de Out de 2009, 18:02

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, pediu esta segunda-feira aos dois partidos rivais da coligação do governo semi-autónomo da Irlanda do Norte que façam progressos para um maior entendimento mútuo pela paz na província.
Num discurso na Assembleia da Irlanda do Norte, com os deputados católicos à sua esquerda e os protestantes à sua direita, Hillary Clinton instou ambos a acelerarem o próximo passo decisivo - a gestão conjunta do sistema judicial e policial - por essa ser a melhor forma de eliminar a ameaça do Exército Republicano Irlandês (IRA).

Segundo a chefe da diplomacia norte-americana, os dissidentes do IRA estão preparados para "aproveitar qualquer oportunidade que lhes permita prejudicar o processo e desestabilizar este governo".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.