Governo está "a dramatizar" para esconder "malfeitorias" do OE


 

Lusa / AO online   Regional   4 de Fev de 2010, 17:30

O secretário-geral do PCP acusou esta quinta-feira o Governo de estar a “dramatizar” a aprovação da Lei das Finanças Regionais por querer “esconder aos olhos dos portugueses” as “malfeitorias que pretende aplicar com a proposta de Orçamento do Estado”
Jerónimo de Sousa afirmou no Parlamento que a limitação de endividamento de 50 milhões de euros para as regiões autónomas, aprovada hoje na Comissão de Orçamento e Finanças, é um “proposta razoável” e onde “prevaleceu o consenso e o interesse nacional”.

“O endividamento fica muito aquém daquilo que era a lei inicial (…) fico muito impressionado quando oiço o ministro de Estado falar em mil milhões quando a proposta concreta é de 50 milhões”, afirmou, referindo-se às declarações de Pedro Silva Pereira.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.