Governo dos Açores sublinha aumento de rendimento de funcionários públicos

Governo dos Açores sublinha aumento de rendimento de funcionários públicos

 

Lusa/AO Online   Regional   5 de Set de 2018, 09:12

O vice-presidente do Governo dos Açores valorizou o que diz ser um "progressivo aumento" dos rendimentos dos funcionários públicos da região, com o PSD a pedir o avançar de negociações para um aumento da remuneração complementar.

"Todos os funcionários têm neste momento um progressivo aumento da sua remuneração líquida e continuarão a ter ao longo dos próximos anos, situação que inverte aquilo que se passou no passado", sublinhou Sérgio Ávila, vice-presidente do executivo açoriano, falando na Comissão de Economia do parlamento dos Açores.

Antes, a União Geral de Trabalhadores dos Açores (UGT-A) e a CGTP-IN concordaram com a urgência em atualizar o montante da remuneração complementar na região, atribuída a funcionários públicos com vencimentos até 1.304 euros.

Representantes das duas estruturas sindicais e o vice-presidente do executivo socialista foram ouvidos pelos deputados sobre o projeto de resolução de atualização da remuneração complementar, apresentado pelo grupo parlamentar do PSD, e o projeto de decreto legislativo regional apresentado pela Representação Parlamentar do PCP.

Na visão do Governo dos Açores, o momento de negociações sobre a remuneração complementar "é o momento do Orçamento" da região, descartando Sérgio Ávila antecipar o que se poderá passar na ocasião.

O PSD, contudo, pede um "processo negocial que junte sindicatos e Governo Regional à mesa", mas advoga que o executivo "não está disponível para iniciar qualquer negociação".

"O PSD/Açores tem uma postura de responsabilidade ao não querer impor ao Governo um determinado valor de aumento. Defendemos, isso sim, uma negociação, para que seja alcançado um consenso entre o Governo e os parceiros sociais", vincou o deputado social-democrata Bruno Belo, falando aos jornalistas no final da audição do vice-presidente do executivo regional.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.